terça-feira, 29 de abril de 2008

À L'interieur / Inside



"Ouvre-Moi ta porte... que je t'ouvre le ventre"

Sinopse
Após um violento acidente de viação, que vitimou o seu marido, uma jovem grávida vê-se perseguida por uma estranha...

Opinião
Já à muito tempo que não via algo tão cru. Hostel e toda a saga Saw parecem coisas de criança perto desta produção francesa.
Este filme vem, mais uma vez, provar que na Europa se fazem filmes bons no que toca a horror e fantasia, pena é muitos deles ficarem esquecidos nalgumas prateleiras.
Descobri este filme por acaso e duvidava dele, quando o assisti todas as minhas dúvidas se dissiparam e vi-me perante uma película muito bem contruída com gore para dar e vender mas sempre com uma linha condutora muito real.
Aconselho vivamente este filme, não a pessoas sensíveis claro pois essas correm o risco de largar imediatamente o conteúdo do seu estômago no sofá.
Vive la France...

Links

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Uma Chamada Perdida / One Missed Call



"What will it sound like when you die?"

Sinopse
Neste remake do filme de terror japonês "Chakushin Ari" (2003), várias pessoas recebem mensagens de voz deles próprios num futuro próximo. As mensagens incluem a data, hora e alguns detalhes das suas próprias mortes.

Opinião

Mais um remake de um filme de terror oriental, não que isso seja mau para apreciadores deste género cinematográfico, contudo começa a cansar um pouco e será, certamente, preferivel ficarmo-nos pelos originais.
A acção, os cenários e a caracterização remetem-nos, quase imediatamente, para o ciclo de filmes despertado pelo fantástico "The Ring" (2002), não trazendo nada de novo.
Quanto ao argumento, também aqui não coexiste originalidade, o tema das assombrações pós mortem de personagens psicológicamente instáveis e marcadas por uma existência de violência está de volta. O tema dos maus tratos infantis é transversal a todo o filme salientando as marcas deste.
Os efeitos especiais caiem na caracterização de algumas personagens tornando-as um pouco ridiculas e sem o dom de nos fazer saltar da cadeira.
Paralelamente ao enredo sobrenatural é desenvolvida uma relação amorosa entre os protagonistas, ficando-se por fragmentos de entreolhares e intenções não concretizadas.
Concluindo, filme de pipoca que não deixará marca mas que se visualiza bem do ponto de vista do entretenimento puro sem outras aspirações.


Links

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Day of the Dead





"D-Day is Coming"

Sinopse
Quando uma pequena cidade americana é dominada por mortos vivos sedentos de carne humana, um pequeno grupo de sobreviventes dirige-se para um bunker militar subterrâneo num último esforço para cobreviverem.

Opinião
Este filme é um remake do clássico Day of The Dead do mestre George A. Romero de 1985.
Steve Miner, responsável por títulos como Sexta Feira 13 (parte 1 e parte 2), e Halloween H20, limita-se a pegar num bando de mortos vivos e a dopálos, sim porque o raio dos mortos vivos correm e escalam paredes como se fossem gatos.
Esperava muito mais deste realizador, apesar do seu passado cinematográfico não ter sido explendoroso, esteve envolvido em projectos muito bons, entre os quais o simples e cómico Lake Placid o qual gostei muito.
Este remake acaba por ser desastroso não deixando Romero orgulhoso quase de certeza.
Caso decidam criar uma maratona de zombies, estes ganham de certeza por largos Km de avanço, quanto ao salto em cumprimento os lugares cimeiros também lhes estão garantidos.
Vale sempre a pena ver para criticar e comparar com outros filmes de zombies.


Links

quinta-feira, 3 de abril de 2008

Vexille




Sinopse

Japão, 2077: Uma agente chamada Vexille é enviada para Tokyo com o objectivo de investigar os japoneses e o desenvolvimento da sua tecnologia biónica, que foi banida pelas Nações Unidas devido à sua potencial ameaça para a Humanidade.

Opinião
Simplesmente fantástico, adorei...
Este filme de animação Manga deve ser visto com o som alto, a banda sonora magnífica funde-se com as imagens espectaculares numa acção desenfreda que delicia não só os apreciadores de manga.
O argumento está à altura da animação especialmente para quem gosta de Ficção Cientifica.
Recomendo muito este filme e atrevo-me a dizer que me senti "pregado" ao monitor como à muito tempo não o fazia.
O melhor que a Manga tem para oferecer indo mais além, a animação japonesa está de parabéns com esta obra.
Destaco as "criaturas" devoradoras de metal, uma caracterização genial.
Agora vou deixar de escrever este comentário e vou rever este filme.

Links