segunda-feira, 25 de maio de 2009

The Unborn



"The Unborn" conta a história de Casey Bell, uma rapariga que em toda a sua vida nutriu um ódio pela mãe, por esta a ter abandonado quando era criança. Mas quando começam a suceder diversos eventos inexplicáveis, Casey começa a entender as razões pela qual a mãe fugiu. Atormentada por pesadelos terríveis, ela decide recorrer a um conselheiro espiritual, o único que a pode ajudar a descobrir uma maldição familiar que remonta à Segunda Guerra Mundial.

O tema do exorcismo está de volta neste filme, obviamente que não estamos perante algo tão perturbador como o clássico "O Exorcista" contudo este filme consegue entreter, embora se arraste um pouquinho à volta da personagem principal e das suas melancolias.
O recurso a efeitos especiais de última geração está bem patente, o que também é um factor positivo tendo em conta que nos faz "acordar" dos momentos mais passivos.
Na generalidade não traz nada de novo e o argumento é um pouco patético, funciona bem como filme de entertenimento puro e simples sem nos permitir fazer grandes divagações acerca da sua estrutura, é um filme para ver numa óptica simplista.

quarta-feira, 20 de maio de 2009

ESTÔMAGO



Quero chamar a atenção para este espectacular filme brasileiro que retrata a história de "Raimundo Nonato (João Miguel) acaba de chegar a São Paulo vindo do Nordeste. Ele não tem dinheiro algum, muito menos lugar para ficar. Quando consegue um trabalho informal num boteco, começa a mostrar sua verdadeira aptidão: a culinária. Sua coxinha logo faz sucesso e sua reputação faz com que consiga um trabalho num restaurante italiano. Ele se apaixona por Iria (Fabiula Nascimento), uma prostituta que adora comer. Paralelamente, também acompanhamos seu dia-a-dia na prisão, onde Nonato é preso por um crime não-explicado – pelo menos em grande parte do filme. Lá, seus dotes culinários fazem com que seu espaço cresça cada vez mais".
À já algum tempo que não visualizava nada de tão original e tão magnífico, o filme é suposto ser um drama, contudo ri-me até não poder mais, o argumento é simplesmente genial e o final do filme é 5 estrelas.
Vi este filme quase por acaso e quando acabei pensei como é que nunca me tinha cruzado com nenhuma informação desta obra!!!
O filme é pensado ao milimetro e nada acontece por acaso, tudo tem uma sequência lógica culminando com um final realmente fora de série.
Estamos perante mais uma prova de que o cinema brasilero está bem vivo e consegue-nos surpreender, ao contrário das pastelices portuguesas que resultam de fundos mal aplicados (lembro aqui o nosso icone Felipe Melo e o seu soberbo I'll See you in my dreams que só terminou à custa de muito suor e depois de um atribulado desvio de fundos que acabaram no bolso de um pseudo produtor escrupoloso...).
Pelos vistos os brasileiros sabem aplicar melhor os seus fundos culturais.
O filme já foi reconhecido através da atribuição de vários prémios, bem merecidos diga-se de passagem.
Sem dúvida um filme a não perder que sacia a nossa fome de bom cinema.

sábado, 16 de maio de 2009

CRANK: HIGH VOLTAGE




Eis a sequela do fantástico "Crank" (2006), se o primeiro era acelerado este é hiper acelerado...
O argumento é simples: substituiram o coração de Chev Chelios (Jason Statham) por um coração artificial que só funciona se for "carregado" com energia de vez em quando, Chelios quer a sua "máquina" de volta e para o conseguir vai fazer tudo e mais alguma coisa, tudo mesmo incluindo uma cena de sexo público para aumentar a adrenalina (o que já tinha acontecido no primeiro).
Consuma uma garrafa de vinho tinto, tome dois speed's e fume crack, tudo ao mesmo tempo e talvez consiga ficar tão acelerado como este filme.
É realmente sempre a abrir não nos deixando respirar por um segundo que seja, junta gore à pancadaria extremando a maioria das cenas, é uma tripe com flashes incríveis como o de uma lluta titânica a imitar os clássicos "Godzilla" (ver última imagem).
Jason Statham no seu melhor muito bem acompanhado pela fulgurante e maravilhosa Amy Smart no papel de Eve
Não aconselhável a cardiacos e a pessoas sensíveis...

terça-feira, 12 de maio de 2009

FROM WITHIN


Mais um dos 8 filmes do Festival "Horror Fest", mais um dos "bons".
A trama desenvolve-se à volta de uma maldição que cai sobre uma pequena cidade americana como vingança por uma morte que aconteceu à anos atrás.
Tipico filme teenager mas que consegue prender-nos ao ecrã durante todo o filme, é assustador e consegue criar um pânico realista pelo desempenho das personagens, de destacar a presença de Thomas Dekker que actua na série televisiva "Terminator: The Sarah Connor Chronicles".
Acho o filme muito bem conseguido no seu global e, com certeza, vai agradar a todos os apreciadores de filmes de terror, obviamente não estamos perante um "Slash movie" mas dentro do género assombroso que nos faz dar os tais saltinhos de vez em quando.

domingo, 10 de maio de 2009

S. DARKO




Continuação do filme "Donnie Darko" de 2001, sete anos passaram desde os acontecimentos do primeiro filme, a irmã de Donnie, agora com 18 anos, passa pela mesma senda ilusória e psicadélica do irmão.
Esta continuação não chega nem aos calcanhares do primeiro, é mais uma daquelas sequelas que nunca deveriam existir dada a sua qualidade.
Apesar dos ingredientes serem os mesmos, inclusive a figura sinistra do coelho, a abordagem é completamente diferente e esta continuação descamba num circulo motivado por vontades que afectam directamente a relação tempo/espaço.
Estou em crer que esta película foi feita à sombra do primeiro tendo como objectivo o lucro puro e simples não existindo nenhum cuidado no que toca ao argumento/originalidade.
Se viu "Donnie Darko" não veja este pois vai estragar toda a nuance criada.
A única coisa que vale a pena é a actriz "Briana Evigan", não muito conhecida mas por quem nutro um carinho muito especial desde que a vi num dos episódios de "Fear Itself".

quarta-feira, 6 de maio de 2009

MY BLOODY VALENTINE

SINOPSE
Um terrível assassinato resulta na morte de 22 pessoas, em pleno dia dos namorados. Exactamente quando este evento completa dez anos, Tom Hanninger (Jensen Ackless) retorna à sua cidade-natal. Ele esperava ser bem recebido pela população local, mas logo é tratado como sendo o principal suspeito do ocorrido.

OPINIÃO

Já à algum tempo que aguardava, com expectativa, este filme que consiste num remake de um filme de 1981.
Não vi o original pelo que não poderei usar aqui o termo de comparação, relativamente a este achei o filme muito bom, com umas belas sequências que resultam na morte de quem se atravessa na frente da picareta do chacinador de serviço.
Contem tudo o que se espera deste tipo de filme, não querendo ir mais além do que isso consegue relevar o que de melhor o género nos traz, trabalhando muito bem todas as condicionantes que culminam nas mortes própriamente ditas.
As actuações são bem sustentadas e contam com um dos manos caçadores da série "Sobrenatural":(Jensen Ackless).
Quanto ao argumento achei-o consistente o suficiente para esta linha de filmes.
Infelizmente não vi a versão 3D que deve ter uns belos planos a fazer-nos saltar da cadeira.

segunda-feira, 4 de maio de 2009

DYING BREED



SINOPSE
Um grupo aventura-se na floresta da Tasmânia à procura de indícios cientificos do extinto "Tigre da Tasmânia", o que eles vão encontrar é um pequeno aglomerado habitacional constituido por descendentes de um célebre assassino canibal que fugiu de uma prisão de alta segurança anos atrás.

OPINIÃO
Um filme Australiano que faz parte do pacote do "Horror Fest" deste ano. Como é óbvio vamos encontrar os ingredientes do costume no que toca a grupos perdidos na floresta: chacina, perseguição, chacina, luta, chacina, confusão, chacina...
É interessante o filme assentar em dois pilares que fazem parte dos mitos da Australia: o tigre da Tasmânia (espécie extinta tendo o último morrido em cativeiro num zoo americano) e um célebre Irlandês condenado por canibalismo que acabou na forca (conhecido pela alcunha de "The PieMan" verdadeiro nome Alexander Pearce).
Temos que louvar o enquadramento histórico do filme que procura dar um toque mais real ao argumento.
Gostei do filme na generalidade, algumas mortes estão muito bem conseguidas e o clima geral deixa-nos numa agonia que faz o filme chegar ao fim num ápice.
É um bom filme do lote do Horror Fest, o que não é muito comum tendo em conta a composição da lista deste 3º Festival.
A ver e apreciar numa perspectiva de puro entertenimento.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

ZOMBIE TALES

A editora Boom!Studios lançou, já à algum tempo, uma espectacular série grráfica que dá pelo nome de "Zombie Tales". Esta BD é constituida por diverdificadíssimos contos que têm como elo comum os Zombies e as sua deambulações degustativas.
Ainda só tive oportunidade de ver um livro (traduzido em brasileiro) e fiquei logo apaixonado por esta série, é simplesmente fantástica, Tem um desenho gráfico soberbo com humor a condizer.
Alguém sabe onde encontrar esta série à venda em Portugal sem recorrermos à importação?

Aqui ficam algumas capas para "aguçar o apetite":