sexta-feira, 12 de junho de 2009

A ARTE DE ROUBAR



Finalmente temos uma obra portuguesa que tenta "intrometer-se" no panorama global, ou hollywoodesco.
A trama trata de um par de criminosos de segunda que se preparam para o golpe das suas vidas, através do roubo de um quadro de Vincent Van Gogh, contudo o assalto não será tão fácil como parece à primeira vista.
Leonel Vieira tenta internacionalizar este filme, não só com recurso à linguagem (inglês!!!), mas também tentando copiar alguns mestres sendo de salientar Tarantino e os seus ambientes únicos. Podiamos usar estes argumentos para deitar o filme abaixo, pois eu acho louvavel este tipo de cinema em Portugal, embora se recorra aos mesmos realizadores e actores sistemáticamente, tudo bem que Soraia Chaves tem belos argumentos, mas não temos outras actrizes em Portugal??
Venham dai mais Leoneis a inventar, pois é do invento que nachem grandes obras, que se critique mas, acima de tudo, que se faça mais e mais.
Uma nota realmente negativa é a associação que se faz ao filme e ao Brasil, não que tenha nada contra o Brasil, muito pelo contrário, contudo é triste ver os créditos do filme atribuídos ao Brasil, nós já temos tão pouco cinema "Made In Portugal" deixem-nos publicitar o nosso país para desenvolver-mos um pouquinho uma área amorfa.

3 comentários:

scary clips disse...

keep the posts coming... we love it.

rute disse...

também não entendo porque lemos legendas em português, e porque não podem eles lerem legendas em inglês!
adorei o filme.

Pacadifam disse...

Como os Yankees e Companhia não estão habituados às letrinhas no fundo do ecran certamente não viam o filme e, assim sendo, lá ia a internacionalização com os porcos.