quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Killing Room



Quatro pessoas inscrevem-se voluntariamente para o que inicialmente parecia ser um típico estudo pago, apenas para descobrir que eles involuntariamente se envolveram num projecto secreto do governo que se supunha encerrado há quase duas décadas.
Filme do realizadorJonathan Liebesman (Darkness Falls, Texas Chainsaw Massacre: The Beginning) com algumas semelhanças com "Saw" e "Cubo", contudo não tão bom como estes.
A permissa do filme não consegue criar enfase suficiente para uma longa metragem, assim sendo, arrasta-se lentamente sem sobressaltos de maior.
É um filme monótono que não nos consegue prender pois alem de apático não tem nenhum elemento que seja de destaque.
Veja "Cubo" e esqueça este.
__________

Four people fall voluntarily for what initially looked like a typical study, only to find that they unwittingly became involved in a secret government project that was supposed to be shut down for nearly two decades.
Movie directed by Jonathan Liebesman (Darkness Falls, Texas Chainsaw Massacre: The Beginning) with some similarities with "Saw" and "Cube", but not as good.
The premise of the film can not emphasis enough to create a feature film, therefore, walks slowly with no impact.
It is a film that you are unable to hold because, besides the apathy, has no surprising elements.
See "Cube" and forget this.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Grace



Paul Solet pega numa curta de terror que realizou em 2006 e transforma-a num filme em 2009.
A trama gira em torno de um casal que pretende ter um filho, após um acidente o feto morre na barriga da mãe com 31 semanas de gestação, contudo a mãe decide levar a gravidez até ao fim e ter o nado morto através de parto natural.
O bébé nasce morto mas renasce, inexplicávelmente, com uma pequena patologia: o seu apetite só é satisfeito com sangue.
Ao lermos o enredo poderiamos pensar que estavamos perante um filme vulgar, mas "Grace" é tudo menos vulgar, celebrizado no "Montreal's Fantasia Film Festival" o filme constiui-se como uma forma singular de retratar a obsessão da maternidade, não só descrita na personagem "mãe" mas também na "sogra".
Solet consegue transmitir um ambiente agonizanre e putrefacto cujo único paralelo que consigo encontrar será o filme francês "A L'intérieur" embora as diferenças sejam muitas.
Devemos ter em atenção que o tema é forte e o facto de se usar um bébé neste tipo de filme leva sempre a muitas críticas.
Estamos perante um filme cru que nos enjoa mas que é uma obra bem contruída do princípio ao fim, não deixando nenhum apreciador de cinema pesado indeferente, de salientar que o potencial do filme não é reforçado por gore mas sim pela actuação dos personagens e as suas obsessões e pela decomposição do bébé que, embora não seja explicita, está sempre presente.
Sem dúvida um filme a ver e criticar, merece destaque na prateleira do que melhor se tem feito do género.

__________

Paul Solet takes a short of terror, that he directed in 2006, and transformed it into a movie in 2009.
The plot revolves around a couple that wants to have a child, after an accident, the fetus is killed in the belly of the mother with 31 weeks of gestation, but the mother decides to take the pregnancy to term and delivery the dead child through natural childbirth.
The baby was born dead but reborn, inexplicably, with a small condition: his appetite is only satisfied with blood.
When you read the plot before you could think that "Grace" is an ordinary film, but "Grace" is anything but ordinary, present at the "Montreal's Fantasia Film Festival" the movie declares itself as a natural portrayal of the obsession of motherhood, not only described in character "mother" but also on "parents."
Solet forward to an environment completely agonizing whose only parallel I can find is the French movie "A L'intérieur", apart the big differences betwen them.
Put in mind that the theme is strong and, the fact that if you use a baby in this type of film, always leads to much criticism.
This is a crude movie, well constructed from beginning to end, leaving no heavy indeferente on fans of horror movies, we should emphasize that the potential of the movie is not enhanced by gore, but by the actions of the characters and their obsessions and the decomposition of the babie who, although not explicit, is always present.
No doubt a movie to see and criticize, to place on the shelf of the horror master pieces.

sábado, 15 de agosto de 2009

Second Coming




Lora segue as pistas deixadas pela sua irmã gémea para a localizar, um crime foi cometido e cabe a Lora seguir a sua ligação à irmã gémea para o desvendar.
Filme de baixo orçamento que tenta implementar o conceito, já muito batido, de outros filmes.
Toda a trama é desvendada logo ao início não deixando nada a adivinhar, o terror baseia-se só em aparições da irmã morta não tendo mais nenhum motivo para nos fazer suspirar.
As actuações são más e coincidentes com todo o filme, o final é apressado e estúpido.
Quanto a mim é um filme a evitar.

__________

Lora leads the clues left by his twin sister to find her, a crime was committed and it is up to Lora to unravel hit.
Low budget film that tries to implement a concept already used in other movies.
The whole plot is unveiled at the beginning, leaving nothing to guess, the fear is based only on appearances of the dead sister, not taking any more reason to make us scared.
The performances are poor and match the entire movie, the end is rushed and stupid.
For me it is a movie to avoid.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Hush




Zakes percorre a estrada com a sua namorada Beth colando cartazes nas estações de serviço, acidentalmente visualiza uma jovem enjaulada na traseira de um camião.
A próxima vitíma será a sua namorada a qual ele vai tentar desesperadamente resgatar.
Filme claustrofóbico e bem conduzido com sequências que fazem sentido, embora pese contra o facto dos "maus" da fita terem sempre cumplices em todo o lado.
O suspense é qb, a fotografia é escura e reflecte bem o ambiente "road trip".
Mais um bom filme vindo de inglaterra, país que tem apostado muito no género terrorífico ultimamente com resultados muito positivos, especialmente no que toca a comédias de terror.
Um filme a ver mas do qual não se pode esperar grandes surpresas pois a receita já se encontra batida.

__________

Zakes travels the road with his girlfriend Beth pasting posters in service stations, he accidentally view a girl caged in the back of a truck.
The next victim will be his girlfriend...
Movie claustrophobic and well conducted with sequences that make sense, but weighing against, the fact that the “bad” people have accomplices everywhere.
The suspense is pretty good, the picture is dark and reflects the environment "road trip".
Another good movie from England, a country that has focused much on the horror genre lately with very positive results, especially in the chapter of horror comedy’s.
A film to see but of which we can not expect big surprises because the recipe is already hit.

domingo, 9 de agosto de 2009

Super Capers



Ed Gruberman é um mascarado que sempre desejou tornar-se super herói apesar de um pequeno problema: não tem nenhum super poder, apesar de tudo ele vai juntar-se ao grupo de super herois denominado Super Capers e enfrentar um poderoso vilão.
Estamos perante uma comédia aparvalhada bem ao estilo do inigualável "The Naked Gun: From the Files of Police Squad!", é uma paródia ao mundo dos super heróis da BD que têm estado na ribalta com tanta adaptação cinematográfica.
O ingrediente de "gozar" com outros filmes não é aqui empregue, o filme baseia-se em piadas simples com recurso a efeitos especiais.
Só mesmo para quem gosta de filmes idiotas.

Long Weekend




Um jovem casal decide acampar numa praia isolada durante um feriado prolongado como uma última tentativa para tentar salvar o seu casamento. O casal não se preocupa em preservar o local cometendo consecutivamente actos contra a biodiversidade existente, irá então enfrentar a fúria da natureza e conhecer o seu lado mais sombrio.
O argumento não pode ser considerado original tendo em conta que já teve outras abordagens entre as quais "The Ruins" ou "The Happening", contudo o desenrolar do filme não é mau e devem-se destacar as belas paisagens Australianas.
Temos então Natureza Vs Homem numa luta com contornos estranhos e com um desenrolar lento mas eficaz, a condimentar temos também a condição humana na relação com o sexo oposto, isto é, o velho dilema do casal e dos seus esqueletos escondidos no armário.
Diga-se de passagem que o filme dispensava completamente os sentimentos do casal, por outro lado estes diluem-se na fúria da mãe natureza parecendo, por vezes, que esta usa o espicaçar dos "maus "sentimentos como mais uma arma a utilizar contra a besta humana.
No final do filme faça uma pequena refexão acerca nossos actos diários reflectidos no ambiente que nos rodeia, tenha em mente que a vingança da mãe natureza poderá surgir de muitas formas...

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Alien Trespass



Paródia aos filmes de ficção cientifica dos anos 50, eu diria que não é tanto uma paródia mas sim um reviver de um género cinematográfico.
O filme constroi toda uma envolvente que nos reporta para o passado, a fotografia, os efeitos especiais, o guarda-roupa... está tudo lá.
A história, como não podia deixar de ser, gira em torno de uma criatura alien que pretende dominar o planeta mas é perseguido por outro alien que o quer capturar.
É uma lufada de ar fresco reviver uma época tão rica em Sci-fi, o filme realmente contem todos os ingredientes e, tal como a sequência inicial pretende transmitir, parece que ficou esquecido no passado e só agora estreou.
Gostei muito.