domingo, 9 de agosto de 2009

Long Weekend




Um jovem casal decide acampar numa praia isolada durante um feriado prolongado como uma última tentativa para tentar salvar o seu casamento. O casal não se preocupa em preservar o local cometendo consecutivamente actos contra a biodiversidade existente, irá então enfrentar a fúria da natureza e conhecer o seu lado mais sombrio.
O argumento não pode ser considerado original tendo em conta que já teve outras abordagens entre as quais "The Ruins" ou "The Happening", contudo o desenrolar do filme não é mau e devem-se destacar as belas paisagens Australianas.
Temos então Natureza Vs Homem numa luta com contornos estranhos e com um desenrolar lento mas eficaz, a condimentar temos também a condição humana na relação com o sexo oposto, isto é, o velho dilema do casal e dos seus esqueletos escondidos no armário.
Diga-se de passagem que o filme dispensava completamente os sentimentos do casal, por outro lado estes diluem-se na fúria da mãe natureza parecendo, por vezes, que esta usa o espicaçar dos "maus "sentimentos como mais uma arma a utilizar contra a besta humana.
No final do filme faça uma pequena refexão acerca nossos actos diários reflectidos no ambiente que nos rodeia, tenha em mente que a vingança da mãe natureza poderá surgir de muitas formas...

2 comentários:

Rui Baptista disse...

Se o argumento não é original, muito menos é o filme, pois trata-se do remake de uma obra australiana do anos 70 :)

Pacadifam disse...

Pois é, existe um "Long Weekend" Australiano de 1978, não fazia ideia.