segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Grotesque


Um serial Killer rapta um casal de jovens com o intuíto de os torturar até à morte.
Este filme japonês limita-se a desfilar um desmenbramento de duas personagens, recorre ao efeito gore puro e duro.
Estamos perante um filme "grotesco" que, tal como o nome indica, nos enjoa. Não tem nenhum factor que o consiga elevar a pontos mais altos, é, do princípio ao fim, um filme sem limites que só pretende chocar, o que consegue pois não acredito que ninguém fique indiferente ao desfilar de membros dilacerados com os quais vamos sendo presenteados.
Enfim, uma obra que procura enquadrar-se na fileira de filmes como "Hostel" ou "Saw" mas que está a milhas destes, talvez a uma distancia tão grande como dos Estados Unidos ao Japão.
O fim do filme é completamente absurdo com uma cena (a qual não vou descrever por motivos óbvios) que eleva o filme aos píncaros do absurdo.
Não aconselhável a pessoas sensíveis e a pessoas com bom gosto cinematográfico.

2 comentários:

Eduardo Baroni disse...

Um dos piores filmas que já vi. Não assusta, nem choca, nem faz rir. Dá uma desagradável sensação de tempo perdido.

Pacadifam disse...

Concordo plenamente Eduardo, é uma perda de tempo sem dúvida.