quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Dorian Gray

O filme desenvolve o enredo de "O Retrato de Dorian Gray" um romance de Oscar Wilde de 1890. Dorian Gray é um jovem aristocrático que se deixa envolver numa vida de vícios aproveitando ao máximo a vida, ele venera a sua beleza de tal forma que acaba por fazer um pacto com o Diabo no qual a permissa principal é o envelhecimento do retrato de Dorian em vez do seu fisico.

Não estamos perante um filme de terror puro e duro, as cenas assustadoras não estão presentes, mas o filme não deixa de ser interessante por isso pois consegue explorar muito bem o enredo de uma forma muito positiva suportando-se muito numa bela fotografia e cenários de época.
Um filme leve mas que consegue prender do princípio ao fim, uma agradável surpresa.

2 comentários:

Rita disse...

Li o livro há algum tempo, e gostei muito. Por isso tenho medo de não gostar do filme... Com a excepção do "The Hours" acho que não houve nenhum filme que tenha visto depois de ler o livro e não tenha sido uma desilusão. Segue-se o "The Road". Excelente livro! Vamos lá ver o filme... :)

Pacadifam disse...

Rita,
Apesar de ser um bom filme com uma boa fotografia, estou em crer que estará a anos luz do livro, apesar de eu não o ter lido.

Já agora o que achas da relação Senhor dos aneis de Tolkien e dos filmes de Peter Jackson?
Bj,