domingo, 11 de julho de 2010

Clash of The Titans

A luta final pelo poder coloca os homens contra os reis e os reis contra os deuses. Mas a guerra entre os próprios deuses pode destruir o Mundo. Nascido de um deus, mas criado como um homem, Perseus (Sam Worthington) foi impotente para salvar a sua família de Hades (Ralph Fiennes), o deus vingativo do submundo. Sem nada a perder, Perseus voluntaria-se para liderar uma perigosa missão para derrotar Hades, antes que este possa tomar o poder de Zeus (Liam Neeson) e desencadear o inferno na terra. Liderando um grupo de guerreiros, Perseus parte numa perigosa viagem por mundos proibidos. Lutando contra demónios e feras temíveis, ele só vai sobreviver se aceitar o seu poder como um deus e criar o seu próprio destino.

Não vi a versão 3D, mas pelo que li não vale a pena. O filme é um desfilar de efeitos especiais do príncípio ao fim, é um filme-pipoca para toda a família cuja única pretensão é entreter.
Remake do filme com o mesmo título de 1981 que, tal como o seu pai, não tem grandes ambições.
Coloque as pipocas no micro-ondas, sente-se no sofá e divirta-se com os monstros que irão desfilar perante si, aprecie também os seus colossais "ruídos".

1 comentário:

Portal80 disse...

Também não vi em 3D, mas cinema hollywoodiano em geral é puro entretenimento mesmo.

Gostei um pouco dos deuses, mas o fato de ter só um protagonista, e tão tão associado ao blockbuster "Avatar" embaça um pouco.

Sempre gostei dos filmes com a temática de mitos e deuses, mas preferi mil vezes "Princípe da Pérsia". Também aprecio muito "O Feitiço de Àquila", dos anos 80.