domingo, 8 de agosto de 2010

Inception / A Origem

Dom Cobb (Leonardo DiCaprio) é um talentoso ladrão, o melhor na arte da extracção: ele rouba segredos e ideias às pessoas directamente das profundezas das suas mentes, durante os sonhos - estado em que a nossa mente está mais vulnerável. A rara habilidade de Cobb fez dele uma das pessoas mais influentes neste novo mundo de espionagem empresarial, mas também fez dele um fugitivo internacional e custou-lhe tudo o que já amara. Mas agora foi-lhe oferecida uma oportunidade para se redimir. Um último trabalho pode devolver-lhe a sua antiga vida. Em vez do assalto perfeito, Cobb e a sua equipa de especialistas têm exactamente de fazer o inverso: instalar uma ideia na mente de alguém. Se tiverem sucesso, poderá ser o crime perfeito. Mas todo o cuidado é pouco, pois têm um perigoso inimigo cada vez mais perto, que só Cobb poderia ter visto aproximar-se.

Sem qualquer dúvida estamos perante um grande filme, Christopher Nolan volta a marcar pontos e a referenciar-se como um dos melhores realizadores vivos.
O enredo é simplesmente fantástico e goza de alguma originalidade, para aqueles que já ouviram algumas vozes a dizer que o filme é dificil de compreender desenganem-se, é de um entendimento cristalino e super básico, uma história fluída com cenários estrondosos e momentos de acção a condizer. Destaco a actuação da equipa liderada por Leonardo Dicaprio, um leque de jovens actores com representações muito acima da média, passem os olhos pela equipa técnica.
Os efeitos especiais são um arraso, estando ao encargo de uma empresa de renome na área (da qual não recordo a designação).
Quanto a mim é um exelente filme que irá marcar os memoriais cinematográficos, não encontro nenhum ponto negativo neste filme, um filme a não perder, vá ver enquanto está nas salas de cinema para puder usufruir de todo o seu explendor.