terça-feira, 17 de agosto de 2010

Prince of Persia: The sands of time

Nas místicas terras da Pérsia, um príncipe trapaceiro (Jake Gyllenhaal) une forças, contra a sua vontade, com uma misteriosa princesa (Gemma Arterton) e, juntos, irão enfrentar as forças do mal para proteger uma antiga insígnia capaz de libertar as areias do tempo - um presente dos deuses com o poder de voltar atrás no tempo que dará a quem o possuir a capacidade de dominar o mundo...

Um filme de um estúdio e uma produtora responsáveis por alguns dos maiores blockbusters de Hollywood, logo esperamos algo de bom. O filme cumpre plenamente pois contem cenas de acção espectaculares com Gyllenhaal a dar uma de trapezista/contorcionista, os efeitos especiais cumprem apesar de não serem o ex libris do filme.
Filme feito para gerar dinheiro, com um leque de actores escolhido a dedo sendo apostas certas: Gyllenhaal acenta bem no papel de herói suportado por uma representação soberba de Alfred Molina, quanto à beleza essa também está muito bem personificada em Gemma Arterton.
Um bom filme para toda a família.

3 comentários: