sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

The Last Exorcism


Quando chega à quinta rural de Louis Sweetzer, no Louisiana, o Reverendo Cotton Marcus espera efectuar um rotineiro exorcismo num fanático religioso perturbado. Sweetzer contactara o carismático padre como último recurso, convencido que a sua jovem filha Nell está possuída por um demónio que deve ser exorcizado antes que a sua terrífica provação acabe numa inimaginável tragédia. Com a consciência pesada por anos a extorquir dinheiro a crentes desesperados, Cotton e o seu grupo planeiam filmar um documentário confessional deste que será o seu último exorcismo. Mas depois de chegar a esta quinta familiar manchada de sangue, depressa se apercebe que nada o tinha preparado para o verdadeiro mal que lá se encontra. Já sem poder voltar atrás, as crenças do Reverendo Marcus são agitadas até ao âmago quando ele tenta salvar Nell - e a si próprio - antes que seja tarde demais...

Ler mais: http://cinema-em-casa.blogs.sapo.pt/558915.html#ixzz19jg5G5va

Este foi, para mim, um dos maiores fiascos do ano no que concerne a filmes de terror. Andava eu ansioso e já a ter pesadelos com o filme quando, finalmente, me sentei no sofá para visualizar a obra pela qual tanto ansiava.
O princípio do filme ainda me deixou na espectativa, ao longo do filme a espectativa começou a baixar e, do meio para a frente, lá comecei a pastelar com o filme.
Medo... Cenas terroríficas... nada, o filme até podia ficar na prateleira dos "Ok, podia ser melhor mas lá se vê" mas o final estragou tudo... não quiz acreditar no que estava a ver, desilusão total, estragaram o pouco de bom que o filme tem com aquele final estúpido.
Não nos podemos esquecer que estamos perante mais um Mockumentary, stupiiiiiiddddd.
Ai que saudades do velhinho e poderoso Exorcista.
Gostaria de ver por aqui alguns comentários a este filme.

11 comentários:

Vera Rafael disse...

Bem, eu vi o Exorcista aos 9anos, por isso foi uma experiencia aterradora, ainda por cima que sempre acreditei em coisas para além deste plano.

Nunca mais vi nenhum filme relacionado com exorcismos, porém, estou a ponderar ver este, para vez até que ponto é um fiasco.

Na verdade eu já não acredito bem nos Filmes de Terror. Acredito nos filmes de tortura psicológica, tortura física, suspense, ficção e coisas assim. Mas terror...já a muito tempo que não vejo.

Vou tentar ver este filmes para depois deixar aqui a minha ideia.
Apesar de eu não ter grande experiência em criticar decentemente um filme.


Bom ano.
Vera Rafael

Pacadifam disse...

Olá Vera,

Obrigado pelo seu comentário, eu tb fiquei "marcado" com o Exorcista...
Fico a aguardar, com ansiedade, o teu comentário a este filme.
Bom ano e bons filmes,

Joãozinho " Mergulhão " disse...

não tinhas nada que fazer as 23 horas do fim do ano...sinceramente ;-)

Não vi este filme, mas tive uma experiência identica a Vera, ainda por cima acho que estava sozinho em casa...foi aterrador. Demorou algum tempo a passar, por isso sou muito exigente com um filme de terror. Abraço

Pacadifam disse...

Pois é john... era postar ou gramar com os ídolos... boringgggggg

Vera Rafael disse...

Uma semana depois de ver o filme, tive uma experiência...
Estava a desfazer a cama e quando cheguei ao final, a luz do candeeiro desligou-se sozinha...

Eu sai da cama muito devagar, olhei para baixo da cama pelo 'canto' do olho, virei-me para trás e fui a chorar a correr para quarto da minha mãe... lol... a ficha soltou-se da tomada. Mas não faz sentido ter sido apenas segundos depois de eu já ter tirado os cobertores de lá. Mas whatever...

Pacadifam disse...

Vera, todos nos já tivemos experiencias semelhantes...
Quando estamos sozinhos no escuro a envolvente tem a mania de se meter conosco, começamos a ver sombras e movimentos em qualquer lado, especialmente se estivermos a ver um filme de Terror daqueles que já não se fazem.

Vera Rafael disse...

Lol acabei de ver filme... sim, o final é das coisas mais ridículas que já vi...

Aliás, não vejo muita coerência no filme...

Total desilusão. Mas... pronto.
Mas afinal qual era a intenção? salvar a miúda ou mata-los a todos?
O filme não teve nenhum momento extremo em que eu ficasse a tremer, na sua maioria foi um filme bastante calmo, tirando os berros...isso irrita ou assusta sempre um bocado o espectador.

Há uma coisa no facto da miúda ter atacado o gato... os gatos são normalmente considerados o portal entre as duas dimensões...portanto não faz sentido matar o gato.

A falta de crença, a brincadeira do exorcismo, e afinal a miúda engravidou da onde, não creio que os demónios possam fazer uma coisa dessas né? É totalmente irreal... sei lá.

Viva o Exorcista... ao menos à pala desse filme, ainda apanho alguns sustos quando a minha irmã se ri (ela as vezes esconde-se e aparece a rir...e a expressão dela é tipo a da rapariga do primeiro exorcista)

Concordo contigo, é um fracasso e o final ainda ajuda à festa.

Resta-me dizer... a rapariga podia ser melhor contorcionista.

Pacadifam disse...

Vera, este filme é de todo estapafúrdio, perde logo por apostar no estilo "mockumentary" que só acentua a desgraça.

Anónimo disse...

Aquele final disparatado arruina completamente um filme que até estava a ser interessante.

San Francisco party rentals disse...

Special Events Rents - specializing in special events production services and bay area tent rentals from Salinas to Calistoga, San Francisco to Sacramento, Fresno to Redding. Located in Livermore, California.

Kelly Brook disse...

Sweet-faced British actress Kelly Brook began her career at the age of 16 after winning a modeling competition. Her curvaceous figure soon ushered her into the world of swimsuit and lingerie modeling, and she began appearing in music videos like Pulp’s “Help the Aged.”